31 de maio de 2010

Leitura: nascimento da sociedade mediática

Sugestão de leitura:
"Naissance de la société médiatique - La mise en scène des moyens audiovisuels dans le dessin de presse".
O texto é de Fabrice d'Almeida e foi publicado num número especial de 1998 da revista "Recherches contemporaines", dedicado à imagem satírica.

17 de maio de 2010

200 momentos que mudaram o jornalismo



O Poynter Institute tem uma cronologia dos media desde finais dos anos 60 até ao presente. É alimentada pelo director da Biblioteca daquele Instituto, David Shedden. Por obra dele, após análise atenta dos últimos dez anos, acaba de surgir agora o trabalho visual "200 momentos que transformaram o jornalismo". A apresentação deste esforço está AQUI. O trabalho propriamente dito encontra-se AQUI.

5 de maio de 2010

Piratas de ontem e de hoje

NO Público (P2), escreve hoje Vítor Belanciano (cf. Público - Da boca para a verdade):

"(...)Alguns actos de pirataria são roubo. Mas a realidade não é a preto e branco. Outros há que têm transformado a sociedade onde vivemos para melhor. Reformulando mercados. Forçando corporações que inicialmente os hostilizam a mudar, a serem mais competitivas, eficazes e inovadoras. Quando Edison inventou o fonógrafo, acusaram-no de pirataria. Estava a roubar-lhes o trabalho, diziam os músicos. Até que foi criado o sistema de pagamento de royalties e todos ficaram satisfeitos.

Mais tarde, quando Edison inventou a máquina de filmar, exigiu que fosse criada uma taxa, a ser paga por quem fazia filmes com a sua tecnologia. Como consequência, realizadores piratas deixaram Nova Iorque e foram para oeste, onde operaram, sem licença, até que a patente de Edison expirou. Estes piratas ainda estão lá, agora legalmente, na cidade que fundaram: Hollywood (...)".

2 de maio de 2010

De onde vem o termo 'rádio'?

Bom: se quisermos começar pelo étimo, teríamos de ir à palavra latina 'radius', que está na origem das actuais 'irradiar', 'irradiação', 'radial', 'radioso' 'raiar, 'radiante', 'raio' e, claro, rádio.
Foi nos princípios do século XX, e ligado à telegrafia sem fios e à utilização das ondas hertzianas, que se foi instituindo e vulgarizando a designação do novo meio de comunicação. Alguns pormenores: AQUI.

1 de maio de 2010

Para a história do Twitter

Pode não haver ainda uma História do Twitter, mas já há quem queira fazer uma das hashtag, etiquetas que permitem agregar tweets sobre um mesmo assunto. Num post recente é isso que tenta fazer Liz Gannes (cf The Short and Illustrious History of Twitter #Hashtags, no Gigaom). Uma história recentíssima, visto que o primeiro hashtag nem três anos de vida tem: o primeiro vem associado a um tweet de Agosto de 2007, uma invenção de Chris Messina, então consultor da Citizen Agency.